Quem mantra seus males espanta

Mauricio Salem

 

 

Quando um praticante iniciante no Yoga chega para alguma aula, lembra que em algum momento, logo pelo inicio, vai ocorrer o canto do mantra OM, com as mãos unidas em forma de oração a frente do peito. Para alguns é um momento de introspecção, outros de duvida. Um momento desconhecido que varia dependendo de credo e religião. Cada um se relaciona de uma forma.

 

Como o mecanismo do mantra é desconhecido para o iniciante, a duvida aparece justificadamente só se dissolve após a pratica. Portanto vá com calma, colega instrutor, você pode gostar de cantar mantras, mas seu aluno não, e ele tem dificuldade para isto. Não force ou imponha nada. Lembre-se que , pelo ocidente, o sânscrito não é uma linguagem dada na escola. Na Índia não haveria problema, pois poderíamos utilizá-lo, desde que estivesse condizente com as crenças religiosas e culturais das crianças e de suas famílias. Porem fora de lá a historia é outra.

 

Se pudéssemos ouvir os pensamentos dos alunos iniciantes ,todos  cheios de duvidas sobre o assunto, seriam algo do tipo...

 

 - O que é que eu estou fazendo aqui??

- Pra que isto??? Quero as posturas e relaxar..

- Será que é pecado ?? Poxa!! Meu medico não me falou de nada disto...

- Será que isto ira resolver meus problemas ??? tomara que seja ... Se for então vai lá....

 Entre vários outros ...

 

Pensamentos conflitantes à parte, vale lembrar que o mantra “AUM”  marca o inicio auspicioso do sadhana do yoga, um mantra que repetido várias vezes  cria um momento introspectivo que nos desperta para o estado de alam , do sânscrito “estado de suficiência e satisfação”. Ao compreender este estado encontramos a paz e a plenitude que sempre estiveram dentro de nós.

 

Porem como preparar o uso de mantras para as crianças? Como preparar o uso de musicas com adultos? Vale lembrar que o uso de musicas e cantigas, são bem aceitos em todas as idades. Elas criam a evocação do lúdico e da imaginação.

 

Comece pela musica ou vocalizações, de vogais e sons, para dar entendimento ao mantra e sua relação com a respiração. Os “mantras” e cantos religiosos de varias tradições , desenvolvem uma ligação espiritual gerando um despertar de consciência para a realidade do Atma ou Self.  Mas tambem podem ser utilizados apartir de cantos e musicas locais desde que o instrutor conheça a métrica musical para transformar musicas em mantras.

 

Caso exista um costume com a turma em cantar, antes da aula,  mantenha-o, caso contrario ajude-os a criar este momento. Sempre fique atento para esta questão. O Mantra mal explicado ou imposto pode afastar o praticante, por razões culturais e de credo religioso.

 

Recitar um mantra é um momento delicado para o “ocidental” podendo ir de choque com suas crenças e valores culturais, portanto numa aula de crianças e adolescentes este cuidado deve ser redobrado. O profissional de yoga, cuidadoso, não deseja um choque cultural ocorrendo numa família. Portanto observe a métrica existente nos cantos de mantras e as utilize no canto de musicas populares e ou tradicionais da cultura aonde esta ocorrendo a aula. Depois de compreendido,pelo aluno, o poder da musica sobre a espiritualidade. E se achar conveniente,  apresente o mantra em sânscrito, caso contrario não o faça.

 

O Silabário sânscrito ou varnamala , é uma escrita sagrada para registro e recitação dos vedas, upanishad’s e outros shastras hindus e védicos. Sendo tambem estudado dentro do Budismo e Janismo.

 

Lembre-se voce pode estar dando aula para crianças, adolescentes e ou adultos. Isto inclui a família deles tambem. Portanto muita cautela, por vezes a família busca o Yoga como forma de acalmar-se e fugir do dia-a-dia estressado, e esquece que o yoga é mais do que isto, possuindo inúmeros desdobramentos e formas de ser abordado e conhecido.

 

 

Afinal de contas .....quem mantra seus males espanta.

 

 

Harih Om

Mauricio

———————————————————————————————-

Mauricio é um dos editores do site www.yogaeduc.com.br . Se desejar mais informações ou comentar o texto envie um e-mail para contato@yogaeduc.com.br

 

 

 

v